segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Finalmente, fechamos!!

Depois de muita ansiedade em torno de onde seria meu casamento, eis que finalmente escolhemos o local. Eu já estava de saco cheio de olhar tanto lugar e não decidir por nenhum. Fora que o tempo estava passando e com isso teríamos menos tempo para pagar, o que acarreta parcelas mais pesadas. Aí semana passada, conversei com o Inho e decidimos fechar o lugar da festa naquela semana mesmo. Ainda tinha mil lugares pra gente conhecer. Os lugares que andamos foram: Porto Vitória, Oca da Tribo, Villa Rizza, Atrium, Mansão Varandas Park, Mansão Imperial, Maison Chantall, Solarium, Eden Eventos, Unique, Clube do Exército, Brasília Palace Hotel, Espaço Contemporâneo, fora os trocentos orçamentos que recebemos, mas não chegamos a conhecer os locais pessoalmente. Vou listar meus comentários sobre os locais que visitamos e os motivos pelos quais não ficamos com eles.
A Oca da Tribo eliminamos por achar que a pista ficaria apertada para os nossos 300 convidados, mas foi uma pena. É um lugar alternativo, super charmoso, e que dispensa muita decoração. De inicío, achamos que o preço seria mais atrativo, no entanto isso não foi constatado, pois é mais ou menos o mesmo que o resto.
O Inho e a Sis (minha irmã) não gostaram da Atrium. Acharam pequeno. Eu achei bonito, mas não apaixonei. Nem cheguei a ver preço.
Mansão Imperial estava em obras. Espero que depois da obra, fique menos breguinha. Ups, saiu sem querer!
Maison Chantall, achei que ficaria longe e difícil o acesso para meus convidados. Fora isso, não tem ar condicionado, o que faz a gente morrer de calor, pedir banho urgente etc. Sem contar o acesso aos banheiros que é através de uma rampa super inclinada, boa pra causar um acidente. Foi difícil pra mim, imagina para alguém mais velho. Não dá! Ponto positivo para o Patrícia Buffet. Perfeito!! Preço na média.
Solarium estará em obras ano que vem. Tomara que coloquem ar acondicionado. Ótimo preço!
Eden Eventos também estava em reformas e não pudemos visualizar como ficará, mas é um espaço muito bonito e que com a reforma, deu para ver que ficará mais ainda. O lance é que é muito fragmentado, várias salas. Eu acho isso um ponto negativo, porque a festa não fica muito integrada, mas para quem não se incomoda, é muito bonito e tem um preço ótimo! Sem contar que já oferece uma brinquedoteca para entreter as crianças, com direito a monitora. Evolução no mercado!! Toda casa de festas deveria oferecer isso. Acho muito interessante. Ah, mas devo dizer que o Inho não gostou do Esden =/
Unique é grande demais, o que faria a gente gastar muito com decoração e não se encaixa de jeito nenhum na nossa proposta. Não vi preços.
O Salão Verde do Clube do Exército seria ótimo e barato se não fosse o preço do buffet. Como é exclusivo do Adriana Buffet acaba saindo carinho.
Brasília Palace Hotel é um espetáculo com sua parede de Athos Bulcão, mas como eu não ia levar a parede embora pra casa, achei um absurdo o preço cobrado pelo aluguel do salão.
A Mansão Varandas Park é linda, gente. vale a pena conferir pessoalmente. O problema é a pista de dança totalmente isolada para garantir que não incomode os vizinhos e sua festa possa rolar até tarde. É como uma boate dentro da casa, que não permite visão nenhuma da pista de dança por quem estiver fora dela. Infelizmente, isso não me agrada, porque o local é lindo e o preço é ótimo!
Porto Vitória é lindo, bom tamanho, bem localizado e preço na média, apesar de não serem muito flexíveis na hora de negociar. Não sou fã do mobiliário também que a gente é obrigado a contratar para ter desconto no aluguel do salão, mas confesso que tudo fica pequeno diante do espaço, que é muito atraente. Fiquei muito na dúvida, mas resolvemos fechar o Villa Rizzaaaaa!!!! Iupiiiiiiiiii!!! Dei vários gritinhos de felicidade ao sair de lá com o contrato nas mãos. A Juliana que nos atendeu é uma fofa e perecebe-se que é uma mulher fina e de bom gosto. Rolou afinidade desde a primeira vez que fomos lá. Ela adorou a gente e disse que ficou muito feliz de saber que vai fazer nosso casamento e a gente também adorou a Ju, como o Inho já apelidou. A Villa Rizza é um lugar tradicional de Brasília. Um salão super bonito e possui ar condicionado. Apesar de eu adorar procurar cada item do casamento, lá já tem tudo, inclusive os doces e o open bar  de caipirinhas. Só vou precisar contratar o DJ com a iluminação, os bem casados e as bebidas alcóolicas que buffet não inclui. Pra mim, isso é muito bom, porque mesmo assim vou ter que escolher ainda os salgados, pratos e doces que serão servidos na festa, o que dá o prazer, sem ter trabalho rs. Fora que vou ter muitas coisas pra ver esse ano, inclusive procurar minha casinha. Então, já facilita bastante. A Ju é ótima de lidar, sabe ouvir, é segura e se esforça pra fazer minhas vontades, fora que é uma simpatia. O local é ótimo, considerando que é relativamente perto da Dom Bosco e que tenho convidados que vem de fora de Brasília. E o preço ficou muito justo. Amei, amamos, super adoramos! Ficamos muito felizes com nossa escolha.

4 comentários:

Anna disse...

oiee!
Passando aqui para conhecer seu cantinho!
Bjos
Anna
vestidaderenda.blogspot.com

Lu Reis disse...

Que bom, Anna. Adorei a visita, porque adoro seu blog. Espero que tenha gostado do meu.
Bjinhos

Lu Reis disse...

E volte sempre!! =)

Alegria em Detalhes disse...

Lu, to meio preocupada. Num sei se fecharemos com o oca da tribo.
Ah nem...