segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Legalmente NOIVA

Em uma quinta-feira, depois do trabalho, chego em casa e me deparo com meu amado namoradão, todo arrumado, de barba devidamente feita e com o perfume que eu amo. Pensei logo: "Essa alma quer reza" rs. Aaaah gente, não tenho como negar. Eu já desconfiava. Aliás, no dia anterior, quando eu estava arrumando minhas coisas para dormir no dia seguinte na casa dele (pausa para comentar: ninguém merece viver de malinha de um lado para o outro!! Não vejo a feliz e esparada hora de casar e abominar as malinhas da minha vida rs), comentei com a minha irmã que queria levar uma roupa arrumadinha, mas que não desse bandeira que eu desconfiava que aquele seria o dia D. Se vocês me perguntarem, não sei dizer o porquê da minha desconfiança. Não o vi comentar com ninguém, nem o vi sair pra comprar anel, nem nada. Puro 6º sentido feminino, porque eu sou super adepta da teoria de que mulher tem um 6º sentido do qual os homens são desprovidos. E o meu não falha de jeito nenhum, seja pro mau ou pro bem. Então, como quem não quer nada, perguntei o motivo dele estar arrumado. Ele disse que ia me levar pra passear. E eu fui correndo me arrumar. Coloquei uma calça jeans e uma blusa mais espalhafatosa. Aliás, eu dei agora pra me vestir espalhafatosamente. Agora vivo no luxo dos paetês, sendo que nunca fui muito adepta disso =/ paetê é a cara da minha irmã, não a minha rs. Acho que é a falta de tempo pra me arrumar. Na correria do dia a dia, acho que fui deixando de lado meu jeito particular de me vestir. Fui ficando mais básica, apesar de não ser assim, mas de repente me bateu uma saudade do meu lado perua... E tentei caprichar mais nos modelitos. Bem, aí no caminho ele foi me perguntando onde eu queria jantar, se podia ser um crepe, ou até mesmo no pastel da rodoviária rs. Esse pastel da rodoviária rende rs. Isso foi uma história que rolou assim que a gente se conheceu. Ele me chamou pra jantar, mas antes a gente ia encontrar uns amigos dele (que hoje são igualmente meus) na praça de alimentação do shopping. Só que todo mundo ia jantar lá, menos nós dois, porque a gente descobriu nesse dia algo super em comum, o pavor de praça de alimentação de shopping rs. E olha que nessa época o Inho jantar no pastel da rodoviária seria algo muito normal. Nada contra o famoso pastel da rodoviária, até porque nunca experimentei e sou zero fresca, mas digamos assim que não há glamour rs. Aí todo mundo ficou zuando ele, dizendo que ele ia me levar pra comer pastel na rodoviária. E foi uma das primeiras vezes que o vi sem graça. Tão lindo sem graça...
Voltando ao assunto que interessa no momento, ele foi me levando para meu restaurante preferido de massas em Bsb, o Cantina da Massa. Não que eu tenha um vasto conhecimento sobre restaurantes de massa em Bsb, mas elegi esse o meu preferido por agregar boa comida e o clima super romântico. No frio então, perfeito para massa com vinho =p Seguindo essa nossa "tradição",  pedimos nosso prato preferido e vinho, sendo que o Inho não bebe vinho. Nesse dia, ele bebeu comigo. Não aguentou esperar e fez logo o pedido. Gentéin, foi lindo demais. Acho que foi perfeito, porque ele estava nervoso. Foi tão engraçado vê-lo nervoso/sem graça, depois de 3 anos convivendo comigo todo dia!! Como depois de tanto tempo convivendo, a gente acha que isso não acontece mais, deu um tom de surpresa especial para esse dia. Então, ele me entregou uma caixinha com um anel lindo e maravilhoso (que ele escolheu sozinho, porque ele fez questão de não pedir ajuda pra ninguém!) e uma cartinha escrita, à mão, por ele mesmo, com suas próprias palavras, que nunca vou esquecer e que fizeram umas lágrimas descerem. E ele não esqueceu nem mesmo a máquina para registrar o momento. No meu primeiro aniversário depois que já estava com ele, o Inho me deu uma máquina e disse que sabia que iria se arrepender, de tanto que eu ia querer tirar fotos, apagar as que eu nao gostei e tirar mais fotos de novo. Até que ele se acostumou com a bendita máquina da Inha. Confesso que eu também aprendi a dosar o uso dela rs. O fato é que, nesse dia, ele pediu a máquina do irmão empestada para eu não desconfiar de nada e levou para a gente ter aquele momento sempre gravado. E não reclamou de eu tirar todas as fotos que eu quis.
É perfeito saber que o homem que eu amo me valoriza tanto do jeito que ele descreveu. Só pude dizer que já aceitei há muito tempo casar com ele... Hoje, eu acredito que a mulher sente quando encontra o verdadeiro homem de sua vida. Parece ridículo, mas eu realmente senti que o Thiago seria meu para sempre. Não que eu tive certeza convicta desde sempre. Lógico que, muitas vezes, achei que não era, principalmente no início, em que ele relutou um pouco a mergulhar de vez no nosso relacionamento, mas sinto que era mais um anseio do que uma dúvida. Pode ser também que eu quisesse que fosse e apartir disso se tornou mesmo, mas que eu senti, senti. E não estou falando agora, que já estamos caminhando para os finalmente rs Eu sempre disse e continuo afirmando que, no primeiro beijo, passou um filminho na minha cabeça. E sabe que era só um trailler do que estava por vir? rs...
Bem, meu noivado foi lindo e especial. Foi um momento nosso. E foi suficiente pra mim. A gente já vai gastar muito com o casamento e, como minha mãe está doente e os pais dele moram na pousada deles, que fica no Goiás, seria muito difícil reunir nossa família para uma comemoração maior nesse momento. E não teria a menor graça comemorar o noivado sem as pessoas que mais importam pra gente. Então, por acaso do destino não faremos festa de noivado, a contragosto da minha família hehe. Ficaremos mesmo com o nosso noivado "íntimo e pessoal", só nosso, do jeitinho maravilhoso e perfeito que eu sempre sonhei e que o Inho soube concretizar como niguém!

5 comentários:

Anônimo disse...

Ahhhhhhhhhhhh que bonitinho...
Gentéeeeeeeeeein, fiquei emocionada!!!!
Mandou bem hein Inhotzzzzzzzzz...não sabia que vc era tão bom assim...haahahhahahhaha

QUE VENHA O CASÓRIOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!! UHuUUuUuuuuUuUuUUU...to mega animada!!!!

Bem casados disse...

Lindo lindo lindo!

Parabéns!!!

Muitas felicidades aos noivos!

Paulinha

Lu Reis disse...

Prima, ele é perfeitooo ahahahah
Brigadinha, Paulinha!!
Bjossss

Thatha disse...

Adorei ler o relato do seu noivado!
bjooo

Lu Reis disse...

=)