sexta-feira, 6 de maio de 2011

Eventos

Pessoal, preciso tirar a poeira daqui urgente, né? Tá difícil demais. Vida corrida que só, mais do que sempre. Ainda mais porque gosto de eu mesma correr atrás da coisas do casamento, faço questão de ir, conversar com o fornecedor para conhecer o trabalho dele e também volto na hora de fechar contrato para "conversar" sobre os preços rs.
Confesso que uma hora isso cansa. Aí eu jogo tudo pra cima, respiro fundo, converso com o Inho, apesar de sempre achar que ele vai mais na minha onda hehe, e fecho com o que mais me encantei. Foi assim que decidi fechar com a cerimonialista Adriana D'Arc. Eu já tava de saco cheio de conhecer profissionais do ramo, não aguentava mais ver a mesma ladainha. Tem uns que são um saco, vou te falar. Quando começavam com aquelas frases: "Ai, casamento é um sonho... Seu casamento é seu sonho e nós vamos torná-lo realidade... ", naquela voz mais esteriótipo de propaganda impossível, eu tinha vontade de sair correndo. Eu gosto de gente prática, descolada, segura, autêntica e a Adriana é tudo isso. Me identifiquei bastante com ela, e todo mundo fala que isso é importante. Então, só me restava fechar com ela mesma. E como eu estou organizando a festa de 50 anos da minha Tia Alziranha (brincadeiras internas rs), que mora no RJ, aqui em Bsb, ela se propôs a me ajudar!! E gente, pode acreditar, mas foi depois de eu ter assinado o contrato, ou seja, como ela falou levei 2 em 1, sem saber hehe.
Outro fato que contibuiu para minha decisão foi que, semana passada, fui ao IV Workshop do Luxo de Festa e lá encontrei um outro cerimonialista que gostei. Eu ainda não tinha fechado com a Adriana, mas depois que isso ocorreu, liguei correndo pra ela, morrendo de medo dela não ter mais minha data. O fato é que rolou um constrangimento no nosso encontro, ficou parecendo que ele ficou sem graça, porque achou que a gente não tinha fechado com ele. Gente, se um cerimonialista não sabe ser descolado, o que eu posso esperar dele? Eu tava sem tempo, olhando outras opções e nem tinha fechado ainda e ainda considerava contratá-lo, mas diante disso, desisti de cara. Achei que era dever deles nos fazer se sentir confortáveis, até porque ele nem sabia se ainda era uma opção nossa, então tinham que tentar nos conquistar. Achei meio que despreparo.
Bem, mas voltando ao Luxo de Festa, cheguei lá tarde. Já não tinha os doces da Cecília Falcão, tão famosos, que eu queria tanto experimentar. Felizmente, consegui roubar alguns bem casados. Ai amei!! Era bem doce, mas eu amei mesmo assim. Já vi que vai ser difícil escolher meus bem casados, porque eu amo esse doce e fica complicado tomar a decisão. Eu adoro o da Maria Amélia, que conheci logo que cheguei aqui, adorei o da Marina, da Sonho Meu e da Cecília Falcão. Ai gente, mas ouso discordar de quem ama o da Eleonora Galvão. Peço perdão, mas não gostei, até larguei o resto. Bem, gosto não se discute! Bem, mas foi legal eu e Inho roubando bem casados para levar para outras pessoas experimentarem para dar nossa opinião. A gente se divertiu um tanto, tentando disfarçar nosso lado farofeiro de ser ahahhahaha.
O buffet Renata La Porta era tudo o que eu ouvia falar: delicioso, tudo de bom, maravilhoso, só elogios.
Infelizmente perdi a maquiagem feita pelo Luiz Carlos, o que me causou uma certa decepção, não com o evento, mas comigo mesma que cheguei atrasada.
Gostei dos vestidos da Maria Virgínia e pude constatar toda a beleza que eu já via em fotos dos noivinhos da Kazzar, que já elegi para o meu casamento.
Ontem foi dia do Noivas e Eventos. A princípio eu não ia, porque quinta é meu dia de cuidar da mente, e o dia da psicóloga e da coach (outra explico do que se trata). Como eu já tinha faltado na semana passada, não poderia faltar de novo essa semana. Então, com meu coração partido, deixei o evento de lado e fui para meus afazeres. Eis que, enquanto eu estava na psicóloga, minha coach ligou desmarcando. Iupiiiiii!! Saí de lá correndo para o Noivas e Eventos, sozinha mesmo já que não encontrei companhia e que não poderia demorar muito porque minha mãe tinha acabdo de chegar do RJ e estava me esperando. Ah, mas de vez em quando eu até curto fazer um programinha sozinha. É bom a gente se curtir.
Confesso que esperava mais. Achei que ia ser tipo o workshop do Luxo de Festa, que apesar de menor estava mais epolgante. Tá booommm, era por causa da comida sim. Não tinha garçons no meu pé pedindo pelo amor de Deus come isso para acabar logo rs. Eu A-D-O-R-O um BL (boca livre). Puxei pra gorda da minha mãe rs E tô nem aí se é feio, cafona, brega, falta de educação. E pior que nem tô pagaaando hihihi. Até tinha o buffet Cristina Roberto e o do Espaço da Corte servindo uns quitutes, mas nada assim farto. Rolava um amontoadinho de gente que me desempolgava de chegar perto. Ah gente, e vamos combinar que se é um evento para a gente conhecer fornecedor, de buffet a gente só conhece comendo mesmo, não sei outro jeito!
Devo falar que o evento estava bonito sim. Aproveitei para conhecer uns profissionais, principalmente fotógrafos. Cheguei à conclusão de que estou atrasada para fechar fotógrafo. 2 fotógrafos que estava expondo não tinham mais a minha data =/ Um deles era o Júlio Dutra, que fez as fotos do casamento da Fê, prima do Inho e minha prima emprestada. Bem, de qq forma, posso e devo elogiar o Júlio Dutra. Já tinha gostado do que vi com a Fê, mas lá pude ver os álbuns dele, e ver o quanto ele é simpático. Mesmo sem ter minha data, me deu uma super atenção e dicas para quando eu for procurar o meu fotógrafo. Um fofo! Preferia que ele tivesse me expulsado do estande dele, pra não me arrenpender de procurá-lo antes. Se bem que com o meu fotógrafo preferido as coisas estão funcionando... Depois conto para vocês. Outro que conheci foi Glenio Dattmar. Gostei, apesar de não ser o meu estilo. E, por último, Marcos Araújo. Na verdade, conheci o Nando, sócio do Marcos. Muito gente boa e gostei muito do trabalho deles também.
Parabéns para Débora Morais que teve a idéia de cativar os interessados com um sachê com a essência da loja, que diga-se de passagem, é muuito boa. Já está lá soltando um cheirinho ótimo nas minhas roupinhas =)
Uma coisa engraçada que achei foi a influência do casamento real no evento. Aproveitaram para fazer réplica do bolo, noivinhos de Kate e Princípe William hihihi
Achei que faltou uma organização do evento. Apesar de chegar um pouquinho atrasada, dei graças à Deus que consegui chegar a tempo de assistir à palestra. Estava curiosíssima para ver essa palestra. Quando estava lá perdida no meio daquele salão sem saber em qual estande entrar, anunciaram o início da palestra. Saí correndo para o lugar que estavam montando o palco, mas não estava acontecendo nada lá. Pensei que ainda não tivesse começado, mas resolvi me informar e perguntei para um rapaz, que me disse que achava que seria lá dentro do salão. Voltei para o salão, correndo de novo e nada de palestra. Quando cheguei na entrada da exposição um outro rapaz da organização me mandou de volta para o final do salão e me mandou perguntar para um outro rapaz que lá estaria. Voltei e não tinha ninguém para me informar. Aí desisti e fiquei achando que rolou depois e foi rápida lá onde montaram o palco. Eis que hoje descubro, no blog da Stella que a palestra era numa sala super escondida!!! Me senti uma pata, mas mesmo assim atribuo minha ausência na palestra à falta de organização do evento. Eles poderiam, no mínimo, informar no microfone onde ficava o raio do local da palestra. Pena que também fiquei sabendo, pela Stella, que a palestra foi ótima, ou seja, realmente perdi =(
Sobre a apresentação do Paulo Araújo, de quem sou fã, acho que faltou o desfile, apesar achar interessante a proposta deles de somente expor os vestidos, para aproximar o estilista do público. Os vestidos expostos não fazem o meu estilo, mas o que a noiva-símbolo (seja lá o que for isso. Ela é uma modelo qualquer ou é uma noiva?) vestiu, era maravilhoso e bem diferente.
Para mim, o grande destaque da noite foi a Toccata, que apresentou uma verdadeira orquestra. Nossa, saí correndo de lá para não arriscar pagar o mico de chorar. Imagina só: sozinha no evento e ainda por cima chorando. Com certeza, achariam que me largaram no altar rs. Sério, que música maravilhosa e emocionante. Perfeito!!! A Karina, do Aguiar de Brito (cerimonial) me ensinou uma mandiga para não chorar na entrada da Igreja: tomar uma taça de champagne. Com a Toccata, eu precisaria de uma garrafa inteira e mesmo assim não sei se daria =/
Ai gente, já ia esquecendo de contar duas coisas. Uma é que eu achei uns convites lindos na Valéria Estrela. Depois vou levar meu noivo cara de pau pra ele tentar tirar uma foto pra minha tia tentar fazer igual.
Outra coisa é que a Villa Rizza, meu lugarzinho do coração está participando do Noivas e Eventos com um estande lindíssimo. Tá, sou suspeita para falar, mas por favor passem lá, para ver se não tenho razão! Engraçado foi encontrar a Zenite, que trabalha com a Juliana, uma das donas da Villa Rizza. Ela não me reconheceu e quando eu mencionei meu noivo ela lembrou do ato. Agora advinha o porquê? rs Porque ele vive ligando lá, pentelhando elas ahahhahahah O inho fala que ele tá pagando caro, que elas tem que aturar ele, ligar pra ele, pra saber se ele está bem ahahahhah Prêmio Noivo Pentelho Mor pra ele!! rs
Mas eu acho tão lindooo. Ontem, quando minha mãe chegou, ele foi correndo mostrar a Villa Rizza pra ela =D Mamys adorou, super aprovou. Disse que é lindo e chique =) Muito bom ter ela aqui comigo, começando a participar do meu sonho, ao vivo e a cores.

3 comentários:

Alegria em Detalhes disse...

Lu Reis, que talento pra escreve 1 dia inteiro numa página só!
Você vai hoje ao evento? Quero ir mas estou sem cia... Bora? Só não posso demorar muito. Umas 22h é o meu máximo.

Astrid disse...

Que máximo amiga!!!! Saudade de vcs!!!
Beijãoo Tidi

Lu Reis disse...

Tidiii,
que bom vc por aqui =)
Tb estou morrendo de saudades.
Bjo grande